domingo, fevereiro 08, 2009

Uma vida qualquer

Eu queria ter umas calças de ganga até ao pescoço, das que fazem um V entre as pernas de tão subidas que são, em tom azul-céu-depois-de-trovejar-com-umas-nuances. Eu queria ter uns ténis Reebok daqueles para fazer ginástica nos anos 80, que parecem umas botins de borracha branca, com uns elásticos no tornolezos. Eu queria ter um frou-frou para fazer rabo de cavalo despenteado, em que os cabelinhos pequenos de lado ficassem todos enrolados, um para cima, um para o lado, como se não visse um pente há três semanas. Eu queria ter uma sweat-shirt cor-de-rosa com umas letras a dizer Ralpho Laureno. Eu queria usar meias com bonecos da Disney, comprados num hipermercado qualquer porque meias dessas vendem-se em todo o lado, ou então daquelas cheias de risquinhas coloridas. Eu queria ter uma colecção de cuecas com flores e folhos, que a minha avó me teria oferecido no Natal passado, juntamente com os paninhos de cozinha. Eu queria ter um fato de treino fluorescente e um marido para passear comigo ao domingo à beira Tejo e comermos um gelado ao pé da Torre de Belém enquanto olhávamos as crianças a andar de triciclo e ficávamos duas horas sem abrir a boca. Eu queria uma mala encarnada de verniz, porque dá com tudo, até quando o chefe nos leva para o almoço semestral. Eu queria fazer madeixas louras, o cabelo escuro não se usa, e se as actrizes podem eu também posso, a diferença é que elas andam sempre carregadas de maquilhagem, senão eram igualzinhas a mim. Eu queria ir jantar àquele restaurante dos frangos grelhados, o que está sempre cheio, para beber uma dessas caipi.. caipirinhas, não é? e depois ir com a Clotilde e Ofélia para as Docas. Eu queria pôr unhas de gel gigantes, talvez com aqueles brilhozinhos que agora se usam muito, e umas flores também, ainda não pensei muito nisso. Mas o que eu queria mesmo era ter tempo para ir comprar o bilhete para o concerto do Tony Carreira, não tarda fica esgotado e depois é a desgraça.

É a desgraça. 

17 comentários:

Buttafly disse...

Eu já fui a um concerto do Tony, pá! [experiência de vida, tentativa de perceber o fenómeno, ah-e-tal-e-quero-ver-qual-é-o-motivo-de-tanta-emoção. Confesso que saí de lá sem perceber nada, mas o facto é que as babes com as unhas de gelbrilhantes até aos cotovelos passaram o concerto numa euforia louca... continuo sem perceber, mas fui. Devias ir também e levar a mala vermelha de verniz, devia ser um must LOL]

;)

P. disse...

erm.. LOL ok... pode ser... i guess...

:)

Anónimo disse...

Tens piada. Mesmo quando "gozas" com a minha camisa cor de rosa...
Beijos e as melhoras :)
JLD

Engonha McQueen disse...

E eu queria mais: queria um daqueles casacos tresmalhados com nódoas, uma marmita da Danone para trazer os restos do frango do restaurante, queria um óme a cheirar a cavalo com um crucifixo ao pescoço e com jeito para mascar chiclets tipo-tás-a-ber!, queria um caniche para lhe enfiar uma roupinha da Desigual... queria tudo, eu!

pinky disse...

hahahahaha do melhor! 5 stars!

Bardot disse...

Uma experiencia sem duvida ....como dizer.... diferente...? LOL
=)

sessaoexperimental disse...

loool opah...para o tony é que não ;)

misskitsch disse...

Unhas de gel, sim.
Sim, por favor! Grandes, gigantes e brilhantes unhas de gel!

nika_liu disse...

Looooooooooooooool!!!
Muito bom!!! SE não te conhecesse diria que eram os teus maiores objectivos na vida!

M disse...

Babe, se quiseres mesmo, tenho a certeza que podes isso tudo

Ninhas disse...

Pahhhhhhhhhh....... Tony Carreira é do beeest!!!!!

loira disse...

Para nós o concerto não esgota, amiga, agora que eu sou tu cá tu lá com o senhor Tony. Se é isso que te vai pôr um sorriso na cara conta que dia 13 de Março o Pavilhão Atlântico é nosso.

MiSs Detective disse...

a mala de verniz! ai a mala de vernir...

Ana disse...

Eu até gosto de meias com bonecos da Disney, tá?

Eyes wide open disse...

E um sapatinho doirado para fazer pendant com um daqueles bags feitos a partir de pacotes de café Delta, lote Diamante, reciclados?!?!? Um espectáculo... (o teu post, claro).


*

juliette disse...

Melhor post que li nos últimos tempos. Tinha de o dizer.

A Gaija disse...

E chamar miga a todas as pessoas que conhecemos há pouquíssimo tempo. E ter um namorado que conduz um carro todo modificado com música aos berros. E ter uma filha chamada Cátia Vanessa. E ir passear aos fins-de-semana para os hipermercados. E ter raízes pretas até às orelhas a espreitar o cabelo louro platinado, que combina lindamente com uma espessas sobrancelehas... pretas! Edizer "fizestes", "dissestes", "fostes", há-des". E por aí fora. Muito bom!