quinta-feira, janeiro 08, 2009

Ajudem-me nisto. Ajudam?*

O que é que acontece às pessoas depois de morrerem?

*Ajudem, que isto depois dá um post. À antiga.

32 comentários:

Bad Girl disse...

No meu caso posso dizer-te: "são cremadas...". Ajuda?
B3ijos

Miss K. disse...

ajuda, claro! pelo menos em questões estatísticas! ;)

M disse...

Devem ir para um sítio muito bom. Não conheço ninguém que tivesse voltado para reclamar.

Madame Butterfly disse...

Tudo depende da perspectiva. Fisicamente, acho que desaparecem, de uma forma ou de outra (só isto, dava um ensaio científico). Como não acredito em céu, inferno, deuses, anjos e demónios, quer-me parecer que a alma permanece em nós, todos aqueles que nunca se esquecem delas e que guardam pedacinhos de momentos inesquecíveis.E nisto, acredito verdadeiramente.

Inútil disse...

Decompõem-se, isso é certo.

MT disse...

nao acontece nada... morrer é desaparecer!!

Sadeek disse...

Pois...não sei...mas quando morrer eu conto.te.... :D

BEIJOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOO

Eu disse...

tem mais piada se for um mistério..

Isabel disse...

A quem morre, não acontece nada para além disso mesmo: morrer. O resto, o demais que daí pode vir em consequência, acontece a quem cá fica.

Edu disse...

Ficam num lugar fantastico , os nossos coraçoes. E vivem mais forte que nunca muitas vezes.
bjs

Pulha Garcia disse...

Resposta: Vão com o coelhinho e com o pai natal ao circo.

Patrícia disse...

vão para uma qualquer sala cósmica de espera e tempos depois voltam. como árvores ou animais ou pessoas outra vez.

acho eu.

Alf disse...

Se eu fosse mortal talvez conseguisse responder à pergunta...

Anónimo disse...

depende do que quem cá fica faz com elas. podem ser esquecidas, podem ser guardadas em lugares perdidos como memórias perdidas. ou então vivem para sempre, porque são lembradas e, portanto, nunca chegam verdadeiramente a partir.

resposta lírica, eu sei, mas aposto que não queres saber se se decompõem ou não...

Flyer disse...

O que é a morte? Se bem me lembro, da outra vez que morri (devido a um "acidente de percurso" e consequente paragem cardíaca de 56 segundos) senti uma paz e tranquilidade enormes.

Também é um facto, que esta nova vida está a ser muito mais interessante que a outra! :-)

Anónimo disse...

Isso é uma coisa que eu gostava realmente de saber... Ainda estou a decidir se acredito ou não em alguma das muitas teorias que existem acerca do assunto.* Rita

criptog disse...

Algumas ficam invisíveis, outras em persona, outras em palavras, outras em consequências, outras em motivações, ...
A Vida continua ... e algo parecido (mas diferente) ao que essas pessoas sentiram, outras a seguir também sentirão.
Mas quando for connosco, não vamos dar resposta.

Maria João disse...

Vivem em nós, na nossa memória.

gio disse...

Depende da crença de cada um.
Eu gostava de morrer com uma doença que no último suspiro me impregnasse com a crença dos Talibans.
Ou isso ou o Inferno! :)

Su disse...

Boa Ana, boa...

Charlotte disse...

Continua um mistério por desvendar...pode ser que quando eu morrer o descubra.
Mas uma coisa é certa, na minha experiência pessoal, os meus familiares mais chegados que já partiram deste mundo, continuam vivos no meu coração e estarão sempre presentes nos meus pensamentos...

Anónimo disse...

Tenho o mesmo nome e a mesma opinião da Patrícia.
Quero acreditar que voltamos. De qualquer forma, em qualquer forma.

Patrícia

New Radical disse...

Depende das pessoas:
Algumas são enterradas.
Outras ficam sempre vivas no nosso coração.

Kiss

MiMi disse...

Eu não sei o que acontece aos outros quando morrem, mas eu cá não quero morrer e acabar! Não admito isso e pronto! Eu quero ir para outro sitio! Giro de preferência. Já me estou a imaginar a voar pelo espaço a fora e a aterrar num qualquer planeta de outra galáxia todo supinpa, onde tudo é pink! Cidades inteiras cor de rosa, limpinhas e com muitos animais sorridentes por todo o lado e gente da boa! E assim felicidade por todo o lado. :)

Gosto muito deste blog!

Esplanando disse...

Que pessoas?

Aurea Fonseca disse...

Infelizmente é algo que me pergunto todos os dias.. e tento sempre capacitar-me que que é apenas uma passagem para algo melhor, e que um dia nos reencontramos com quem partiu.
Porque se pessoas como o meu irmão partem, só pode ser porque merecia estar num local bem melhor..
Quero e preciso de acreditar nisso, a bem do meu coração e sanidade mental..

beijinho

sendyourlove disse...

...as nossas fazem-nos muita falta.

Miss Pu disse...

Txi Miss K, txiiii..
Não vamos por aí...

pinky disse...

depois de chegada de uma jantarada, sem energia para sair mais, sem vontante de ver filmes, lêr ou dormir, divaguei...
li isto e parei..
muita coisa tinha para te dizer, estive lá e voltei.
morri? não sei. foi como? foi bom.
voltei porque tinha que ser, nunca tive uma certeza tão certa, o medo foi-se, a vida tornou-se diferente, o crescimento galopante.
um "tip" lê ,muitas vidas muitos mestres de brian weiss, terça feira pelas 18h00 o sr está cá no saldanha.
li isto passado 10 anos e foi como um reafirmar do já conhecido.
mais não digo pk não são temas nem conversas para se terem em blogues.
uma coisa é certa a morte é mais um começo!

Joana disse...

Recomendo-te o livro "Fédon" de Platão.
Se não te apetecer ler, resumo-te: regressamos como almas para evoluirmos (lei do eterno retorno) até ao dia em que atingimos a perfeição e não regressamos mais e ficamos a viver no sítio muito simpático!

Queen of hearts disse...

Olá! Espero que não haja problema em comentar no teu blog já que antes nunca o fiz.

Para começar, deixa-me dizer que a tua pergunta tem muito que lhe diga!

Relativamente à tua pergunta acho que se pode dividir em duas perguntas. Primeiro, o que acontece com o nosso corpo? E nisto a resposta não é muito difícil, podemos ser enterrados, cremados, etc.

Segundo, o que acontece com o que não é o corpo? A nossa alma,espírito ou como lhe queiram chamar.
Já algumas pessoas falaram aqui de céu e inferno.

Eu acredito que todos os que cá andamos na terra somos demasiado imperfeitos para alguma vez conquistarmos um lugar no céu. O que só nos deixaria a hipótese de ir para o inferno.
Felizmente Jesus nasceu e morreu por causa de todas as coisas más que eu e toda a gente fez e a morte dele é mais do que suficiente para me salvar e dar um lugar no céu.

Portanto, de uma maneira geral, eu acho que se uma pessoa acredita nisto vai pra o céu, caso contrário, não vai.

Desculpa lá o testamento e a intromissão no blog!

Beijinhos

nika_liu disse...

Prefiro pensar que o corpo desaparece de uma forma ou de outra, e a alma permanece enquanto por recordada pelos corações que a acompanharam durante a vida...além disso pouco mais importa.