quarta-feira, outubro 15, 2008

Tudo o que dá para fazer em 8 dias (úteis)

Entre os Açores e a cidadela de Cascais, passei pelo S. Jorge e consegui, ontem, pelas 21:30, chegar a casa sem nada para fazer. Já falei com três mil pessoas, vi sítios incríveis e outros nem tanto, ouvi poesia e impropérios, desesperei por uma cama (a minha), por um abraço (...), por uma pausa, tomei benurons de enfiada, apanhei mini-turbulências a bordo, almocei às seis da tarde, trabalhei 15 horas seguidas, entrei em pânico com a minha falta de jeito para lidar com os fait-divers do social, fritei com a minha lacuna em história dos casamentos e separações do mundo que me rodeia, ri-me como só as crianças sabem rir e, curiosamente, piegas como sou, ainda não deitei uma lágrima... Primeira conclusão, assim muito de repente: esta gente trabalha que se farta. Segunda conclusão, menos de um mês depois do "de repente": talvez tenha alguma sorte, porque há aqui duas "máquinas" (uma ao meu lado e outra à minha frente) que parecem boa onda, e lá vão tendo paciência para me explicar tudo. Sem a sua ajuda provavelmente teria cometido, mais do que uma vez, gaffes deste tipo: luzes, câmara, acção, colegas por todo o lado, e Miss K. no seu melhor, "e para quando o casamento?", "de quem?", "o seu!", "eu já sou casado, há dois anos...", "ah... e filhos, não pensam ter?", "mais? já temos dois!". Bom, para oito dias, não me parece nada mal. 

9 comentários:

Sadeek disse...

Isso é que é animação... ;)

BEIJOOOOOOOOOOOOOOOOOO

Miss Pu disse...

lolll é a loucura miss k. é a loucura.

Este mundo não está para brincadeiras, não está n...

kissssss

M disse...

Para oito dias parece-me muito bem. E como te disse no início, em pouco tempo tás lá! Até porque é fácil. O que é preciso é paciência e gostar.
Vai correr tudo bem!

Da "máquina" aqui ao lado, minutos após te ter contado uma gaffe bem pior do que aquela do casamento e dos filhos, ou não!? ehehe

Su disse...

LOLOLOL!!!
Ah ganda Miss! Tás lá! Bjs e continuação de tudo a correr bem

Buttafly disse...

Não tarda estamos a ver-te por aí num desses programas da "socialite", certo? Olha a Miss K a perguntar ao Castelo Branco se afinal é mesmo gay ou se é só impressão... Isso é que era gaffe, miúda! hihi

;)

Helena disse...

Tens de estar tranquila! Nesta área gaffes é que não faltam... ri-te delas mesmo na cara do entrevistado, vais ver que eles tb se riem e n levam nada a mal. Não me lembro de ter cometido mtas gaffes, mas já meti os pés pelas mãos. Azar! O meu e o deles! Para a próxima será melhor e é isso que eu tenho de pensar. E já agora, tu também ;)

Bjs, da "máquina" da frente, hehe

Lux Lisbon disse...

Lool bem!!! já cometi gaffes bem piores quando fazia social!! De confundir pessoas e começar entrevistas em que o entrevistado dizia: "acho que se enganou,não sou o ..."
Muito mau!lol mas cómico!
Eu não gostei desse género jornalístico mas se conseguires retirar prazer do que fazes então vais adorar e adaptar-te perfeitamente! ;))

wednesday disse...

Ihih... Parece-me ir tudo lindamente. O facto de cometeres as gaffes é porque tens um ambiente onde as podes cometer. Em casa era difícil! Força nisso! :)

Someone happy! disse...

Olá!
Convidamos-te a conhecer o nosso blog.
Passa por lá!