quarta-feira, julho 30, 2008

Seja você mesmo mas não seja sempre o mesmo

Ninguém é invencível. [E ela disse, "Temos tempo"] Só não consegues virar as páginas de um livro que já está fechado. [Ele só conseguiu sorrir] De uma maneira ou de outra, em algum momento as coisas vão acabar por correr mal. [E ela disse "Não podemos voltar atrás"] O que tiver que ser teu, será. ["Eu também não queria voltar", concordou ele] Não há bem que sempre dure nem mal que nunca acabe. ["Eu sei disso", respondeu ela] Até quando julgamos ter atingido o limite, estamos ainda num estádio mediano de dor. ["E agora?", perguntou ele] A alma eleva-se para lá de si própria. ["Damos as mãos, e vamos"] É a vontade que faz a união, não é a força. 

8 comentários:

Miss Pu disse...

Lindo!

Mr.T disse...

"And now she's back, from outter space..." Muito bom. Que sejas bem vinda Miss.

criptog disse...

Provavelmente no limite já não julgamos!
:)

Anónimo disse...

Falta-me coragem para abrir o que de mais precioso tenho... Obrigado por escreveres

Anónimo disse...

BOAS FERIAS!!!

gio disse...

Somos vontade e a falta dela.

Anónimo disse...

'Come to the edge', he said.
They said, 'We are afraid.'
'Come to the edge', he said.
They came.
He pushed them... And they flew."

-Peter McWilliams

vds disse...

Ha problemas em todas as relações, sim. Mas quando ha vontade os problemas resolvem-se. Esta bonito este post*