domingo, setembro 23, 2007

Não, não tens tempo

Não tens tempo rigorosamente nenhum. Enquanto páras esses dois segundos para pensar, esses dois segundos já deixaram de ser teus. Quando ficas uma semana a ponderar se deves ou não fazer, a semana deixa de ser tua. Se achas que três meses são o ideal para te sentires mais à vontade com o que quer que seja, esquece, ao fim dos três meses não tens nada, porque eles não são mais teus. A mania que o Homem tem em adiar a vida dá-lhe cabo dela. Quando não lhe põe um ponto final. Porque achas que inventaram os antecessores dos Swatch? Os relógios foram feitos para marcar o tempo que estamos a viver agora, porque esse é o único que conhecemos. O antes não volta e o depois é um talvez muito arriscado em que apostar. Deixas para amanhã o que podes fazer hoje, dás a tua resposta mais tarde, deixas alguém que te é querido à espera, perdes o tudo pelo capricho do nada, escolhes ser rei de trono nenhum, só porque os Senhores dão ordens e mandam parar o mundo por eles. Só que um dia o mundo cansa-se de tanta imaturidade e engole-os, sem eles terem terminado o pensamento, concluído a acção, ficado 100% à vontade. E o que sobrou, bem sabes, não é história que dê para um livro de contos. Mas estás sempre a tempo de mudar o teu tempo. Basta-te escolher entre estar vivo e viver.

8 comentários:

Lua disse...

E é que é mesmo assim. Infelizmente a maioria escolhe estar vivo embora apregoe que quer é viver. Cada vez tenho meno duvidas acerca disso e já nem sei se viva ou a viver. Porque às vezes não sabemos mesmo.

Madame Butterfly disse...

Porque será que HOJE este texto me caiu que nem uma luva?

dartacão disse...

Sem dúvida muito real. Eu diria para mim que Viver, viver viver e viver

navnevohteeb disse...

Fosgasse!Que maravilha de mensagem (e de texto).

Beija Flor Cyaneus disse...

Pois a carapuça não me serve, eu escolho sempre HOJE, eu decido sempre HOJE, eu vivo sempre HOJE...

navnevohteeb disse...

Beija Flor Cyaneus:

Peço desculpa mas trabalhei o fim-de-semana todo e não há historieta para ninguém. Fica para a semana.

Miss K:

Pela mesma razão não fui a Alvalade. No entanto, ouvi dizer que o traje de avestruz ficou-te muito bem...

E porque é que não fiz estas duas coisas? Porque não quis deixar para hoje o que podia ter feito ontem e anteontem.

Miss V. disse...

"O Poder do Agora". Ou já leste. Ou andas a ler. Ou tens muito em comum com o autor que agora me acompanha. Belos textos que se produzem no teu sofá. Beijinhos desta tua leitora

Inês disse...

Eu já senti isto e este texto caíu tb para mim que nem uma luva. Por já me ter arrependido daquilo que não disse e não fiz... agora digo e faço td. Pode não resultar mas pelo menos tentei.