quarta-feira, agosto 23, 2006

Oh please, fuck off, bad luck!


Terminou ontem a validade da minha carteira de jornalista estagiária... Estagiária com dois anos e picos de profissão!
- "A menina tem dos processos mais estranhos que têm passado por aqui! Não percebo porque esteve quase nove meses à espera desta carteira. Aliás, porque não lhe deram logo a de profissional?"
- "Foi complicado conseguir os papéis todos, sabe. Faltava sempre qualquer coisa..."
- "O mais irónico no meio disto tudo, é que este cartão só lhe vai ser útil por dois meses e meio, porque em Agosto tem de vir já pedir o outro!"
-"Pois, é verdade, como são as coisas... Muito obrigada pela atenção." (pois, acabei de me despedir, mas não te conto isso agora, deixo para mais tarde, talvez se resolva, talvez não)

As coisas não se resolveram. Sim, estou triste. Hoje sou tudo o que nunca quis ser - uma pessoa que tem uma rotina nula, sem objectivos, que não produz nada para que nada ande para a frente. Acordar, tomar o pequeno-almoço, ver os mails, voltar a dormir, levantar de vez, dar uma vista de olhos pelos sites do costume, praia se estiver bom tempo, cinema se estiver mau, casa se não me apetecer nada, as horas passam (felizmente), combinar um jantar, combinar qualquer coisa, pensar em coisas para escrever no blog, escrevê-las, fim-de-semana, noitadas (quase) sempre obrigatórias, etc, etc, etc. Tudo mais do mesmo. Mas sempre isto. Há quase três meses. Eu, pura e simplesmente, não nasci para isto...

10 comentários:

Anónimo disse...

Tenho pena que ache que a sua vida é só isso!!!
Eu sei que tem muito mais.
Todos passamos por bons e maus momentos, marés de sorte, marés de azar... temos de ter a capacidade de correr, nadar a trás, nadar à frente, ultrapassar os contratempos, mesmo quando estes parecem ser quem domina a nossa vida... tenho a certeza que está para breve uma grande mudança na tua vida... vais encontrar o teu caminho... a tua força e a tua coragem... mas também sei que não aparecerá do nada!! Tens de lutar. E quando achares que não tens mais forças... luta um pouco mais! Desculpe a intromissão.

R. disse...

Não há mal que sempre dure nem bem que nunca se acabe.

Tigas disse...

Já disse e volto a repetir:

Better days will come Miss K.

Conheço um exemplo de alguém que tu também conheces, que andou com um estágio, bem mais curto até do que o teu, e quando terminou teve que anda a penar em trabalhos que nada tinham a ver com a v. profissão. No entanto hoje em dia tem trabalho na área que gosta (não faz, nem pouco mais ou menos, o tipo de jornalismo que gosta e que anseia, mas está lá.

E de certeza que tu também chegarás lá! Think pink, think positive, think & drink! :) *

nika_liu disse...

Existem alturas em que a vida nos obriga a parar, por muito que isso nos custe!Também eu me despedi de um sitio onde estava a trabalhar e fiquei 3 meses sem trabalhar...para me iniciar no melhor trabalho que tive até hoje, onde ganhava bem melhor e me sentia realizada! E depois deixei tudo pra trás e mudei-me pra Lisboa por desejar algo ainda melhor, e mais uma vez fiquei desempregada (pouco falta pra um ano, mas espero arranjar algo em breve.) O truque é não parares, não te deixes abater pela rotina porque senão vais rachar a cabeça de tanto bater com ela nas paredes! Obviamente que nem sempre as coisas correm como desejamos e pode demorar mais algum tempo até encontrares alguma coisa, mas isso não quer dizer que não aconteça! ;)

MysterOn disse...

Faço minhas as palavras do(a) r. mas pegando na personagem "Larajinha" - Cidade dos Homens" (recomendo vivamente, posso emprestar ou melhor alugar, copiar. Sempre poderás animar um pouco mais os teus dias...).

"Não há mal que dure para sempre, nem bem que não acabe não Brôtha!" - convém que ao leres isto, te inspires no amiguinho do baseado (post anterior) e lhe "espetes" o respectivo sotaque Barasieiro...

Acredito que tudo se irá resolver mais cedo do que julgas, como já tive(emos), oportunidade de te o dizer. Sei que não é fácil (já tentei ajudar...) mas a Paciência é uma virtude, que nestas situações é importantíssima (entre-outras, obviamente).

Put a Smile on Your Face and your life will follow ;)

PEACE.

Miss K. disse...

Ó Tigas, quem é que eu conheço que tu também conheces?!

R. disse...

Mysteron, "o" R.


;)

Su disse...

Olha, se te servir de exemplo conheces também a mim, que tirei História Moderna & Contemporãnea há uma ano, nem direito a estágio tive e ando a trabalhar num escritório (misto de Direito e Projectos de Construcção), a mandar uma média de 10/15 CV's por semana...siga pra bingo! Sabes o que é que é mau? Mau é morrer. E o resto são conversas...

MysterOn disse...

R, desculpa aí qualquer coisa então.

PACE!

Tigas disse...

Várias pessoas, entre elas o caso de quem te falei antes... explico via mail, pra não estar a citar nomes aqui;