segunda-feira, junho 26, 2006

"Flores"


Esta ainda não murchou. Tenho-a eu.

4 comentários:

sobre-nada disse...

Nunca gostei de flores, lembram-me sempre que os momentos são demasiado precários. Assim que os temos nas mãos o perfume começa a perder a força e passado pouco tempo libertam um cheiro nauseabundo, a água choca (por isso tentar a sua conservação é inocente). Mas são bonitas... Talvez o segredo seja guardar na memória até a imagem ficar como um borrão. Não sei...

Miss K. disse...

É curioso, também eu sempre detestei flores. A mim lembram-me o quanto a beleza é efémera, porque morrem cedo, tão cedo. Nunca gostei, sequer, de as receber, para não ter de assistir a essa morte rápida e triste. Esta de que falo está-se a aguentar há vários dias. Achei estranho... Por isso decidi partilhar a minha flor mágica...

gustavosampaio disse...

eu gosto é de flores secas, precisamente porque nunca esmorecem...

Tigas disse...

E dura a flôr!! Se fossem todas assim e não tivessemos que aturar com Floribellas e afins...