quinta-feira, maio 18, 2006

(Rídiculo) desabafo matinal

Generate Your Own Glitter Graphics @ GlitterYourWay.com

Qual é a atitude a tomar quando não se sabe o que se fazer em relação a nada, a nenhuma das coisas que está à nossa volta, mesmo que finalmente tudo-pareça-estar-quase-bem? Ficamos quietinhos e deixamos que o rio da vida apanhe as águas do nosso futuro, ou construimos um barquinho de madeira e vamos nós à procura do nosso destino, correndo o risco de apanhar fortes correntes?

2 comentários:

criptog disse...

Music to the rescue!

"Não deixes cair teus olhos,
Não te deixes enganar,
Olha de frente os escolhos,
Olha podes encalhar.

É urgente estar atento,
Ver para onde corre a maré,
Ver de onde sopra o vento,
Não vás tu perder o pé.

(Refrão:)
B.P. é quem to diz, oh oh,
Impele a tua própria canoa.
Se queres mesmo ser feliz,
Não te deixes ir à toa,
Impele a tua própria canoa,
Impele a tua própria canoa.

A vida não é um deserto
Não queiras ficar no cais
Lenço rubro é rumo certo
Decide tu aonde vais
Não queiras ficar no cais

Refrão"

(ridiculous would be not to think about it)
:)

Tigas disse...

Não pares, não te deixes estar parada, obriga-te a mexer, obriga-te a fazer algo contra isso... se te sentires a mexer, saberás, mesmo que inconscientemente, o que fazer em cada situação, e verás que assim-já-não-só-parece-bem-como-o-está-de-facto.-ahhhhh-assim-sim!!

2 stop is 2 die!