sexta-feira, março 24, 2006

O fim-de-semana e eu...

E pronto, eis-nos chegados de novo ao tão ansiado weekend, com o qual pretendemos fazer tantas coisas, entre as quais: saber se foi desta que nos calhou o Euromilhões, rezar para que não chova, aguardar por uma manchete polémica no "Expresso", ir ao cinema, sair para jantar e prolongar a noite até de manhã, com os amigos do costume e os conhecidos que se vão tornando habitués, acordar cedo no outro dia (oh, como é doloroso termos de escolher entre o descanço e o dia que corre sem nós) para pôr as leituras em dia, ir ao cinema, depois a uma esplanada tomar o café que nos vai manter acordados até mais tarde, porque não um saltinho à FNAC, agora que os DVD's estão ao preço da chuva, e já agora passamos pela Zara e outras que tais... Chegamos a casa e queremos a cama, não, não temos tempo, queremos a banheira porque alguém nos vem buscar daí a uma hora, e volta tudo ao início, ao de sempre. Domingo é dia de zombies, nem vem no calendário; Para quem trabalha esse é daqueles dias em que os estores nem se abrem e em que, no máximo, se põe um pé na rua para a obrigatória ida ao cinema...
Daí a umas horas é de novo segunda-feira... E se, por uns instantes, a minha consciência passar pelo meu quarto e se cruzar comigo, vai com certeza perguntar-me: "Onde pensas ir com esta vida?", e eu vou olhar para ela e dizer-lhe, "Não sei, nem com esta nem com outra, porque desconheço o caminho onde me levam os dias." Raramente sei o que quero e, se sei, normalmente temo esse querer, por isso vou deixando a vida tomar conta de mim, e levar-me por aí, nessas noites em que as ruas do Bairro são companheiras de inconfidências, e em que o Lux se transforma, por umas horas, na minha "segunda e secreta casa". Sim, estou cansada, estoirada talvez. Mas tenho muito tempo para pensar nisso. Hoje não. Mais uma vez não sei o que sinto, nem o que quero, menos ainda por onde vou. Sei que não vou por aí, vou para ali. Para "esse" meu lugar imaginário.

2 comentários:

Rafa disse...

Potente tu és muito Potente girl!!!
E estás-me a fazer passar mto tempo na net

El-Gee disse...

sinto exactamente o mesmo que tu sentes neste texto! sinto que podia ter sido eu a escrevê-lo!