terça-feira, fevereiro 03, 2009

"The Reader"

Não há dúvida que Kate Winslet é uma grande actriz. E não há dúvida que todos os prémios que ganhe por este filme são inteiramente merecidos. Grande papel. Que mulher inquietante, a sua Hanna Schmitz. Dorida, rude, solitária. Uma existência nula. Impressionante nos anos de velhice, nas mãos trémulas, no olhar sem vida. Assustadora, quando pega num livro sem saber ler: olhos que não lêem são olhos que não conseguem ver. Em frente a páginas e páginas de palavras, estão cegos. De todas as coisas impossíveis, o medo e a mentira fazem mais de vinte anos de uma história triste. Trinta anos. Quarenta anos. E nada lá dentro. Como sobreviver ao nosso próprio apagamento? Verdadeiramente genial. Tal como David Kross, o Michael Berg da juventude: apenas alguém que caminha ao lado da sua própria vida. E como me custou ver este filme...

6 comentários:

Clementine Tangerina disse...

Kate Winslet é talvez das minhas actrizes preferidas, e estou cheia de curiosidade de ver este "The reader" !

Laidita disse...

Tenho mesmo que ver! Li o livro há uns anos e é um dos meus preferidos!

Rafaela disse...

Acabei de o ver e estou ainda muito tocada. Não sei bem o que pensar. Há palavras e cenas soltas que me ressoam na cabeça tipo "imprisonement for life"; as lágrimas gordas do David Kross que saltam do seu olho azul; "she never intended to leave"; "I was 15 years old when...".
Respira....inspira....
....

Que filme!

avessodosponteiros disse...

Mesmo assim nada bate o seu desempenho em Revolutionary Road.

Prinxesa Boboleta, que antes era Ignis disse...

Acabei de ver este estrondo de filme e ainda tenho as lágrimas presas cá dentro de tão emocionada que estou! Lembrei-me de vir reler este post pois já o tinha lido mas não me lembrava ao certo o que dizia. Sem dúvida que esta descrição que fizeste é o espelho do que senti no 123 minutos que passaram como se fossem 15. Ficaria lá eternamente para me deslumbrar mais com esta fascinante história. jinhos

Sanxeri disse...

A cada filme que passa, a kate está mais segura. :)