quinta-feira, dezembro 13, 2007

Capas de jornais

Acho um fenómeno os políticos discutirem soluções para evitar o fim do mundo, enquanto o mundo vai acabando sem que ninguém olhe para ele com olhos de ver.

9 comentários:

Guilherme Godinho disse...

Se um conjunto de fenómenos fosse "fenomenal", entao viveríamos num mundo fantástico.

GG

Miss K. disse...

não concordo se é por uma questão de significados. o "fenómeno" é da natureza das coisas reais. tal como o "fenomenal". já o "fantástico" é falso, irreal, criado pela fantasia, fictício, o que só existe na imaginação, and so on...

é por isso que "há coisas fantásticas, não há?", porque parecem irreais...

Sadeek disse...

Hello Miss.

Tás melhorzinha?! Olha, não sabes quando acaba, não?! Assim uma data mais precisa!? Só para poder fazer tudo o que ainda me falta e poder organizar a coisa...

É triste mas estamos a ser governados, no geral, por um monte de merdosos que olham apenas para o seu umbigo e nada mais....

E isso, parecendo que não, é chato...

Guilherme Godinho disse...

Expliquei-me mal. Era de facto uma ironia, uma gra�a.

A nossa classe pol�tica � o que �. Um conjunto de fen�menos, uma gra�a. Da� dizer que � fenomenal (ironia). Mas, em rigor poderemos chamar-lhe surrealista.

A verdade � que quando queremos qualquer coisa fant�stica, que parece irreal... quando QUEREMOS... fazemos. J� dizia o mais sublime: "Tudo a vale a Pena se a alma nao � pequena" (FP).

GG

MiSs Detective disse...

tens toda a razao!!!!

Hyoma disse...

O ego não permite olhar o mundo de outra forma...Felizes aqueles cujo "grito" de sensibilidade e beleza os chama para esse mundo.

Agradeço a partilha.

Excelente espaço este. Vou voltar!

Cidadão do Mundo disse...

"Aquele que procura o Céu na Terra certamente adormeceu na aula de geografia..." (Stanislaw Jerzy Lec)

MysterOn disse...

Parece-me um bocado superficial essa análise, sobretudo com "os olhos de ver"...os problemas estão parcialmente identificados, os interesses também...mas daí até se transformarem sociedades, economias, modos de produção, hábitos, culturas não é fácil. Não é da noite para o dia!

I've been there, and it it's not that simple.

Porque que é que não fazes a pergunta ao contrário? Qual dos momentos da história da humanidade com maior nível de bem estar? (sei que há muito de mau por aí fora...mas é o que se vai arranjando).

Ou vão me dizer que abdicavam dos vossos tlm's, das vossas viagens (para preservar o ambiente), das roupas de marca feitas em El Slavador ao preço da chuva...(isto pessoalmente com um bom tinto seria concerteza uma conversa bem mais interessante).

A classe política de facto é mediocre, mas fomos nós que a pusemos lá..."amandem-se" para o mundo da política...it's easy to speak!

Anyway ...terminando, acredito que estamos numa mudança de paradigma sócio-economico semlhante ao da Rev. Industrial. Ainda não sabemos bem para onde vamos...e o mundo politico que também faz parte da nossa sociedade também não sabe muito bem para onde vai. The times they are changing, thanks to the micro chip! No sec XIX foi o motor/watt...comunismo primitivo, feudalismo, mercantilismo, capitalismo what's next?

Já não vinha aqui a tua casa há bué acho que me excedi,sorry!

Kissez

anónimo não alcoólico disse...

Há que justificar o injustificável...