domingo, setembro 24, 2006

Apostas...


Quantas vezes apostaste a tua vida?
Apostei a minha vida mil vezes.
Perdeste tudo?
Sim, perdi sempre tudo.

José Luís Peixoto in "A Criança em Ruínas"

1 comentário:

sonhosdelua disse...

Lindoooooo ...vai ao meu blog...em agosto tem um poema dele lindissimo .....