quarta-feira, abril 05, 2006

Pollock - THE KEY

Este é o meu presente pequenino, para um amigo grande, e muito especial, que finalmente teve coragem de agarrar na sua chave, e abrir as portas que há tanto tempo o impediam de ser feliz... J., se não chegares a ler isto, o mundo "dos cabos" fica a saber o quanto estou contente e orgulhosa por ti. Sempre te disse que para seres feliz tinhas de agarrar nesse medo todo, reciclá-lo, e seguires os teus sonhos, porque ideias e bom-senso não te faltavam. Agora, que já não fazes parte do rebanho, és finalmente o mais recente Pollock... À tua maneira, claro... Depois duma noite inesperada num bar "Sem Nome", a vida deu as voltas que deu (e que voltas...), mas acabámos por conseguir ganhar o melhor de tudo: a amizade. É sempre assim quando as coisas que nos unem são mais fortes do que as que nos afastam. Fico muito contente por ter sido surpreendida com uma mensagem, a meio da noite, a dizer que finalmente tinhas deixado tudo. Que "amanhã" era o último dia. Que, como uma vez me disseste, se um dia ganhasses coragem, eu seria das primeiras pessoas a saber. Mereces muito ser feliz... Toma lá algumas cores para começares essa vida nova.


1 comentário:

gustavosampaio disse...

jackson pollock é poderosíssimo!!!

viste o filme?